Header

A missão do marido

Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, (Efésios 5:25)

Marido, a sua missão é amar a sua mulher. E o amor não tem tanto a ver com um sentimento, ainda que possamos considerar que o sentimento é o “recheio do amor”. No entanto, a substância elementar ou principal do amor é a ação. Um ato de amor gera um sentimento de amor, mas nem todo sentimento de amor, necessariamente, produzirá um ato de amor.

E a sua mulher precisa ser amada. Não apenas por palavras (por uma expressão sentimental da sua subjetividade), mas de uma forma concreta, visível, materializada, da qual ela não tenha dúvidas de que é amor de fato e de verdade. Entregue-se a si mesmo por ela.

E para que você ame a sua mulher, é preciso que você, primeiramente, equilibre o seu coração e a sua alma, porque você é um ser carente, muitas vezes agressivo, que foi criado numa cultura familiar em geral machista, que considera a mulher como um ser inferior. Você precisa deste equilíbrio que somente Cristo pode lhe dar.

 

Professor Cria Curso Online p/ Bacharel Livre em Teologia com VÍDEO AULAS

 

Quando você, em fé e com humildade, olha para o amor d’Ele e para o que Ele realizou conforme a revelação do Evangelho, passa então a ter condições de agir em obediência ao que Ele realizou, imitando-o neste sentido para com a sua esposa, de modo que ela seja beneficiada.

Se Ele amou a Igreja e se entregou a si mesmo por ela, cumprindo assim a missão que Deus lhe deu, você irá imitá-lo e fará o mesmo por sua mulher. Você vai amar, se entregar, compartilhar e doar do melhor que tem – e o fará desinteressadamente, com toda a alegria no coração.

O resultado disso será a comunhão, a alegria mútua e também a consciência de se estar verdadeiramente fazendo a vontade de Deus.

“A vontade de Deus é que você faça a vontade de Deus”, diz Agostinho.

Muitos casamentos estão ruindo e se deteriorando porque falta o amor marital, exclusivamente por parte do homem. O homem pode salvar um casamento como pode destruí-lo. A mulher também. Mas Deus cobra muito mais do homem na questão do amor e da entrega de si do que da mulher, porque Ele sabe de sua natureza. Sabe que o homem tem dificuldades e precisa da sua graça e do seu poder para obedecê-lo, assim como a mulher tem dificuldades para se submeter ao seu marido conforme o Evangelho ordena, que não tem nada com a ideia de submissão desta secularidade. Mas o tema “submissão no casamento” fica para uma outra oportunidade.

Isto posto, que Deus possa, marido, revelar estas verdades ao teu coração, de tal maneira que você transforme cada palavra lida em ação na vida para que, na vida, seja experimentado tudo aquilo que Ele tem para ambos, por meio do casamento.

Assim devem os maridos amar as suas próprias mulheres, como a seus próprios corpos. Quem ama a sua mulher, ama-se a si mesmo. (Efésios 5:28)

A missão do marido

You may also like ...

1